Revista Entrevip

Revista Entrevip

Batom cereja é o favorito das noivas em 2017

Quarta 26 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

Pinterest liberou há pouco tempo seu anual Wedding Report, que traz os termos mais buscados no site em relação à casamentos no último ano e, em relação ao make, o que dominou foi o batom cereja!

Os combos “olho escuro e boca nude” e o “boca vermelha e olhos minimalistas” saíram do topo da lista dos mais procurados e deram espaço para esse tom mais rosado e, caso você não esteja vendo essa tendência na prática, os números não vão mentir: segundo o site, a busca por batom cereja para noivas subiu 71%.

Os tons variam do cereja mais vivo e que puxa mais para o rosa, até o de tom mais fechado

Fonte: estilo.abril.com.br

A origem dos problemas e as soluções para cuidar das suas unhas

Segunda 24 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

Você têm alguma reclamação sobre a saúde de suas unhas? Confira abaixo as mais comuns e o que você pode fazer para manter as unhas sempre saudáveis e belas.

A origem do problema

Estrias e vincos: “Ressecamentos agudos e traumas na base das unhas são os maiores responsáveis pelos desníveis”, diz Adilson Rodrigues, técnico da marca Mavala. Outra razão possível é a deficiência de vitamina D e cálcio, bem comum em períodos como a menopausa e a fase idosa.

Unhas manchadas: Além do uso prolongado de esmaltes ­— lembre-se de retirar a cada sete dias —, o contato constante com nicotina também causa o efeito amarelado, conhecido como cromoniquia. Usar bases ajuda a prevenir o problema.

Fraqueza em excesso: A fragilidade das unhas é a reclamação mais comum nos consultórios. Para reverter o quadro, some aos cuidados tópicos a suplementação oral de minerais, como o ferro e o silício orgânico, e de vitaminas, como a B12 e a biotina.

Descamando? A mais abrangente das questões requer uma avaliação com detalhes. Entre as possibilidades estão infecções bacterianas e carências nutricionais. Se for um problema externo, lixas menos agressivas e bases fortificantes são eficazes.

Hábitos para adotar

Acostume-se a hidratar: Capriche nas camadas de cremes e óleos, aplicando-os com movimentos de massagem na superfície das unhas, principalmente no intervalo entre uma visita e outra à manicure.

Redobre a atenção ao prato: A deficiência da vitamina B12 e do ferro tem impacto na saúde das unhas. Enquanto a primeira favorece o amarelamento, a outra provoca enfraquecimento e quebra frequente.

Evite produtos químicos: Não é exagero: usar luvas para lavar a louça é um passo importante para manter as unhas fortes. Assim, você evita o contato de detergentes e outros ativos químicos que causam o ressecamento.

Controle os hormônios: Problemas nas unhas podem indicar de distúrbios na tireoide a alterações sistêmicas, como atopia (tendência a alergias) e psoríase. Procure um dermatologista para um diagnóstico e um encaminhamento adequados.

Fonte:estilo.abril.com.br

6 maneiras de se livrar de uma espinha da noite para o dia

Quinta 20 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

1. Injeções de cortisona

Se você acordar no dia mais importante da sua vida com uma espinha gigantesca, o seu médico pode te ajudar, então, vá a um dermatologista. “É quase um ajuste imediato quando você aplica uma injeção de cortisona”, explica Robin Evans, dermatologista da SoCo Dermatology, à Cosmopolitan americana. “É rápido e fácil, com pouco desconforto, e desaparece em mais ou menos em um dia”. Mas não é uma opção fácil ou barata, mas quando se trata de uma emergência, pode valer a pena.

 

2. Creme de cortisona

Já que não dá para ir ao dermatologista todas as vezes que uma espinha surge, essa é a melhor coisa: “se é uma espinha vermelha e grande, usar um creme de cortisona pode diminuir o tamanho da noite para o dia, não como uma injeção, mas ajuda bastante”, explicou a dermatologista Whitney Bowe à Cosmopolitan americana.

 

3. Aspirina amassada

Parece estranho, eu sei, mas isso realmente pode ajudar. A aspirina é um derivado de ácido salicílico e pode acalmar uma espinha que está crescendo. “Aspirina amassada é anti-inflamatória”, explicou Robin.

 

4. Óleo de melaleuca

Esse tipo de óleo é ótimo para limpar todos os tipos de coisa da pele – picadas de mosquito, frieira, queimaduras menores – e pode ajudar a diminuir as espinhas também. Passe um pouquinho com algodão diretamente no ponto.

 

5. Não use a pasta de dente

Muitas pessoas dizem que colocar pasta de dente na espinha é o remédio para acabar com elas. Mas é difícil saber como a sua pele irá reagir à pasta de dentes. Se você quer testar esse truque, teste um pouco da pasta de dentes em outra parte do corpo para ver como a sua pele reage.

 

6. Não use as mãos!

Se você quer que a sua espinha desapareça completamente, não esprema, por mais que pareça irresistível. “Mexer nela vai fazer com que leve mais tempo para a pele se recuperar”, explicou Robin. E também pode causar infecção, então mesmo que ela pareça estar implorando para ser expremida, deixe que ela fique ali e cubra com maquiagem.

Fonte: cosmopolitan.abril.com.br

3 estratégias para evitar o sono quando estiver dirigindo

Quarta 19 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

A noite passada foi maldormida e o dia, exaustivo. Se você volta para casa dirigindo, cuidado: o cansaço é responsável por cerca de 20% dos acidentes de trânsito no Brasil. Pensando nisso, a Academia Brasileira de Neurologia (ABN), com o apoio da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), lançou a campanha “Não dê carona ao sono!”. A diretora da ABN Lucila Prado sugere algumas dicas para você manter os olhos bem abertos e não vacilar ao volante.

1. Pare em uma loja de conveniência e beba um café bem forte. Como a cafeína leva 30 minutos para surtir efeito no organismo, nesse período de espera tire um cochilo. E lembre-se: a mãozinha extra do estimulante dura só uma hora.

2. Tenha um acompanhante na viagem (ou ligue para uma amiga pelo Bluetooth do carro). Conversar acelera o pensamento e ativa o cérebro.

3. Esqueça a tática de ouvir música alta ou mascar chiclete. Apenas 10% dos motoristas se beneficiam com essas atitudes. Vento na cara também está fora de cogitação.

Fonte: boaforma.com.br

O que incluir na dieta se você tem 20, 30, 40 ou 50 anos

Terça 18 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

metabolismo desacelera com o tempo. Você sente os efeitos na balança, na pele e na disposição. Mas, se fizer ajustes na dieta para atender às necessidades de cada década, o impacto vai ser menor.

AOS 20

O QUE INCLUIR NA DIETA

CÁLCIO

Aproveitar o pico da massa óssea para turbinar o esqueleto com o mineral reduz o risco de osteoporose, que começa a se manifestar aos 50 anos ou até mesmo aos 40. A dose nessa década, segundo a endocrinologista Cintia Cercado, de São Paulo, é de 1,2 a 1,5 g por dia (1 copo de leite, 1 pote de iogurte ou 1 fatia de queijo). Exercício e um pouco de sol são outros dois aliados dos ossos.

ÁGUA

É fundamental para as trocas de nutrientes e energia e, por isso, garante o funcionamento dos rins e do fígado. Ainda melhora a saúde intestinal e a pele. Beba 2 litros por dia.

É típico desta fase

Este é o momento da vida em que nós, mulheres, mais abusamos dos drinques. Em um estudo do Ministério da Saúde, 12,1% das participantes entre 18 e 24 anos e 13,5% daquelas com 25 a 34 anos beberam quatro ou mais doses em uma única ocasião. Você não precisa se abster do álcool e pular os convites de churrasco da faculdade. “Mas é importante moderar”, alerta a nutricionista clínica e esportiva Isabella Vorccaro, do Rio de Janeiro. Além disso, intercale os goles na bebida com água.

AOS 30

O QUE INCLUIR NA DIETA

ALIMENTOS TERMOGÊNICOS

“Eles elevam o gasto energético em até 10%”, diz a nutricionista Elaine de Pádua, de São Paulo. Aposte especialmente nos chás (verde, hibisco) com especiarias (canela, gengibre, pimenta).

VITAMINA B6

Estimula a produção do triptofano, precursor da serotonina – neurotransmissor do bem-estar. Sem ele, você fica ansiosa e propensa a comer doce. Boas fontes: quinua, linhaça, chia e nozes.

CÚRCUMA

Reduz os processos inflamatórios desencadeados pela gordura que, nessa fase, começa a aparecer na barriga e nas costas.

É típico desta fase

Ter filho traz uma série de felicidades para quem deseja ser mãe – sonho geralmente realizado na faixa dos 30. No carrinho de bebê, vem, porém, um inconveniente: se manter em forma fica um pouco mais difícil. Por isso, para quem está acima do peso, a orientação é emagrecer antes de engravidar. “Durante e depois da gestação, consuma mais alimentos com fibras, gorduras boas, proteína magra e carboidrato de baixo índice glicêmico, como batata-doce, mandioca [aipim] e fruta com casca”, diz a nutricionista Patricia Davidson Hayat, do Rio de Janeiro.

AOS 40

O QUE INCLUIR NA DIETA

ALIMENTOS ESTIMULANTES

A disposição dos 30 sumiu? É normal. Recorra aos alimentos estimulantes: maca peruana (1 colher de sobremesa por dia), óleo de coco (1 colher de sopa) e clorela (1 colher de chá). Adicione ao shake, ao suco e às frutas.

PROTEÍNA

A perda de colágeno (proteína que dá sustentação à pele) tem início aos 35 anos, e agora se intensifica. Então coloque no prato mais alimentos com os aminoácidos lisina e metionina, os precursores do colágeno. A lista inclui iogurte, ovo e carne. As vegetarianas podem optar pelos suplementos de proteína vegetal”, orienta Elaine.

É típico desta fase

A ansiedade dos 30 dobra (ou quase) aos 40. “Os alimentos aliados, nesse caso, são aqueles que contêm vitaminas, minerais e fitoquímicos que contribuem para a modulação do stress”, orienta Patricia. São eles: abacate, banana, ovo, chá-verde e castanhas. Além disso, diminua os cafezinhos entre uma reunião e outra. “Em excesso, a bebida provoca taquicardia e aumenta a pressão arterial”, alerta Cintia Cercato. No máximo três xícaras pequenas por dia estão liberadas – só até o meio da tarde para não atrapalhar seu sono, ok?

AOS 50

O QUE INCLUIR NA DIETA

PROTEÍNA

Os músculos começam a encolher a partir dos 40. Se não reforçar a proteína, é bem possível que você chegue aos 50 anos com 1/3 a menos da massa corporal, segundo Marcio Krakauer. Então não hesite em comer alimentos proteicos: carne vermelha (corte magro) uma vez por semana e, nos outros dias, frango, peixe e ovo. Mesmo as vegetarianas que não malham podem recorrer aos suplementos.

CALMANTES NATURAIS

Insônia? Invista nos itens com substâncias relaxantes (banana, abacate, castanhas, aveia e chá de camomila).

ANTIOXIDANTES

Frutas e legumes ricos em betacaroteno (abóbora, cenoura), luteína (couve, brócolis), selênio (castanha-do-pará) e vitaminas C e E (mirtilo, amora) ajudam a combater os radicais livres, que aceleram o envelhecimento.

É típico desta fase

Os fogachos (ondas de calor) são outras chatices relacionadas à queda do estrogênio – a falta do hormônio afeta a região do cérebro que regula a temperatura do corpo. Brócolis, linhaça, broto de alfafa e chás de erva-cidreira e dente-de-leão, segundo Patricia, têm nutrientes e fitoquímicos capazes de modular as mudanças hormonais e, com isso, amenizar o fogaréu.

Fonte: Boa Forma

Criaram um café transparente que não mancha os dentes

Segunda 17 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

Uma das principais características das bebidas a base de café é que elas são escuras, certo? Não mais. Uma empresa britânica criou um líquido cafeinado completamente transparente, o Clear Coffee. A ideia é que o consumidor não precise se preocupar em tomar cuidados especiais para não manchar os dentes e as roupas enquanto saboreia a bebida.

O produto é feito com grãos Arábica com o método cold brew, que extrai o café a frio, sem contato com água quente, como ocorre no jeito tradicional.  Cafés gelados nesse formato têm ganhado o gosto dos consumidores, mas o Clear Coffe é o primeiro totalmente sem cor.

Duas garrafinhas de 200 ml custam 5,99 libras (cerca de 30 reais). O produto pode ser adquirido online, mas, infelizmente, só entrega na Inglaterra e nos Estados Unidos. Agora é torcer para que ele chegue logo no Brasil.

Fonte: Claudia

5 bons hábitos para adotar se você sofre com a insônia

Quarta 12 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

Sentir sono o dia inteiro e, ainda assim, não conseguir pregar os olhos quando deita na cama: é o seu caso? É também o de muita gente. Mas não pense que isso é normal. “Esse problema é denominado insônia proximal e diz respeito à dificuldade de iniciar o sono, mesmo quando a pessoa está fisicamente cansada”, esclarece Fábio Porto, neurologista do Hospital das Clínicas de São Paulo.

O especialista explica que esse tipo de insônia surge por diversos motivos, como ansiedade, excesso de café, chá e medicações estimulantes, alterações da tireoide e distúrbios do ciclo sono-vigília, que determina o momento em que dormimos e acordamos. Nessas situações, o corpo perde a capacidade de relaxamento que nos induz ao mundo dos sonhos e não recupera as energias para encarar o dia seguinte.

Mas calma: com alguns bons hábitos é possível reverter o quadro e dormir como uma criança. Confira a seguir algumas dicas do neurologista Fábio Porto.

1. Vá para a cama só quando estiver como sono

Se depois de 20 ou 30 minutos você não estiver conseguindo dormir, levante e faça algo até que a vontade de fechar os olhos venha.

2. Use a cama apenas para dormir

Não assista TV, leia ou mexa no celular enquanto estiver deitada – tudo isso faz com que você fique contando carneirinhos eternamente.

3. Evite bebidas ou medicações estimulantes à noite

O mesmo vale para exercícios físicos intensos e outras atividades excitantes.

4. Tenha uma rotina

Se possível, acorde sempre no mesmo horário, ainda que na noite anterior tenha dormido pouco. A restrição de sono é o maior regulador do ritmo do ciclo sono-vigília. Após alguns dias sem pregar os olhos direito, fica mais fácil ir para a cama no horário esperado. Ah, e se for tirar uma soneca no meio do dia, não estenda o descanso por mais de uma hora.

5. Tome um pouco de sol pela manhã

A luz solar, ao entrar em contato com a retina, localizada no fundo do globo ocular, modula alguns núcleos do cérebro que produzem melatonina, o hormônio responsável por induzir o sono. Esse processo ajuda na regulação do ciclo circadiano, aquele que regula o funcionamento de todo o nosso organismo.

Fonte: MdeMulher

Marcas apostam em influências orientais para moda inverno 2017

Segunda 10 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

A influência do Oriente na moda está em alta. Prova disso são marcas locais e internacionais que têm apostado em traços com essa pegada para as coleções de inverno 2017.

Estampas, texturas e tecidos característicos fazem parte das coleções que fazem referência à cultura e ao visual do outro lado do globo.

Peças como o quimono, tecidos de seda e estampas de flor de cerejeira invadem as vitrines e já começam a entrar nos guarda-roupas dos brasileiros.

O início da tendência
As brasileiras Arezzo e Farm seguem a linha de continuidade que outras grifes vinham adotando ao retomar para suas coleções o que esteve em alta entre os anos 70 e 80.

O período foi marcado pela ascensão da moda oriental, graças à visibilidade que estilistas como Rei Kawakubo e Yohji Yamamoto ganharam nas passarelas de Paris.

A influência chinesa foi tema de uma exposição no Metropolitan Museum of Art, em Nova Iorque, em 2015, reunindo peças de marcas de luxo como Alexander McQueen, Yves Saint Laurent e Louis Vuitton. Depois disso, vitrines de todo o mundo investiram nas belezas do oriente em suas coleções.

Fonte: Metropoles

Casais são mais felizes quando dividem os cuidados dos filhos.

Domingo 09 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

Imagem da internet

Para criar e educar um filho é necessário dedicação, atenção e muita paciência, mas quando essas tarefas são realizadas por apenas um dos pais a responsabilidade fica ainda maior. No entanto, pesquisadores descobriram que a divisão dos cuidados com as crianças pode resultar ao casal um relacionamento mais feliz e vida sexual mais ativa.

O estudo conduzido por Daniel Carlson, professor de Sociologia da Universidade do Estado da Geórgia, nos Estados Unidos, analisou 487 casais heterossexuais com filhos, com o objetivo de entender a relação entre os cuidados com as crianças e os níveis de satisfação pessoal e sexual dos casais.

Os participantes foram divididos em três grupos: no primeiro, as mulheres eram responsáveis pela maior parte dos cuidados com os filhos; no segundo, os homens acabavam ficando com a maioria das responsabilidades e no último grupo todas as tarefas eram divididas entre os dois. Na análise, os pesquisadores consideraram o tipo de cuidado para as crianças em atenção física e emocional, interação e supervisão.

Os resultados mostraram que, nas relações onde as tarefas e cuidados com as crianças são divididas ou ainda em que o homem assume a maior parte das responsabilidades, os casais são mais felizes e a vida sexual é mais ativa. Já nos casos onde a mulher é responsável por mais de 60% das responsabilidades, o casal fica mais insatisfeito.

"Uma das descobertas mais interessantes da pesquisa é que o único arranjo que aparece de forma problemática é aquele em que a mulher é a principal responsável pela educação das crianças. Nesse caso, os dois parceiros são mais infelizes", revelou Daniel, que apresentou o trabalho, no 110º Encontro Anual da Associação Sociológica Americana (ASA), em 2015.

De acordo com o estudo, tanto casais que dividem as tarefas, quanto aqueles em que os pais que assumem mais responsabilidades do que as mães afirmaram ser felizes no casamento e fazer sexo com frequência.

"Embora os homens que cuidam mais dos filhos estejam mais satisfeitos e façam mais sexo, eles fizeram avaliações mais baixas de suas relações sexuais, se comparados com os outros homens. Já as parceiras deles foram as que relataram maior qualidade sexual entre todas as mulheres estudadas. Isso foi algo curioso", destacou o sociólogo.

Entretanto, o estudo não incluiu casais do mesmo sexo na análise, que que podem ter diferentes comportamentos e percepções do cuidado com os filhos. Desta forma, a equipe continuará realizando novas pesquisas, para aprofundar e entender essa descoberta.

Fonte R7

Mitos e verdades do shampoo que você precisa conhecer para ter cabelos mais bonitos

Sexta 07 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

O shampoo é um produto praticamente diário, e pode ser considerado elemento-chave para ter seus cabelos bonitos e bem higienizados. No entanto, muitos mitos ainda atrapalham na hora de escolher o melhor tipo e deixar os fios mais saudáveis.

SHAMPOO APENAS LIMPA E O CONDICIONADOR HIDRATA

MITO. De maneira geral, o shampoo serve para a limpeza das madeixas, mas ele pode ir além. “VOCÊ PODE TER SHAMPPOS COM ATIVOS HIDRATANTES e com outras propriedades de cuidados, então dá para ter outras funções além da limpante. Mas, geralmente, ele é próprio para aquelas propriedades descritas”, explica o dermatologista e tricologista ADRIANO ALMEIDA, diretor da Sociedade Brasileira do Cabelo

DEVO ALTERNAR MEUS SHAMPOOS

VERDADE. Mesmo que você encontre um bom produto, o ideal é não usá-lo em todas as lavagens. “Temos que alternar os shampoos, porque cada um tem uma carga elétrica e O CABELO FICA ELETRIZADO E DIFÍCIL DE PENTEAR, ATÉ COM AQUELE FRIZZ QUE TE ATRAPALHA. Alterne entre dois, porque mesmo que eles tenham a mesma finalidade, suas cargas e composições serão diferentes”, indica.

DEVO USAR O SHAMPOO DUAS VEZES NA MESMA LAVAGEM

MITO. Se você tem um bom produto, não é necessário aplicar mais de uma vez, um hábito que só te fará gastar mais. “Um bom shampoo pode ser usado uma vez só, que é o suficiente para remover a sujidade e as impurezas, mais do que isso é exagero. Se você sente que o cabelo ainda parece oleoso e sujo com uma única aplicação pode até repetir, mas o IDEAL SERIA TROCAR, PORQUE ELE NÃO ESTÁ IDEAL PARA SUAS NECESSIDADES”, aponta.

PESSOAS COM CABELOS OLEOSOS DEVEM USAR ANTIRRESÍDUOS

MITO. O antirresíduos pode ser bacana para qualquer mulher, no entanto, nada de cair no erro de usar em toda lavagem. “Ele não é de uso diário, e recomendamos FAZER USO APENAS UMA VEZ POR SEMANA OU A CADA 15 DIAS, porque resseca e além disso retira mais a tintura. O uso deve ser esporádico para remover melhor, já que as pessoas tendem a usar muitos produtos até mesmo para estilizar os fios”, esclarece.

SHAMPOO SEM SULFATO É MELHOR QUE O COMUM

VERDADE. Se as suas madeixas são normais ou ressecadas, o melhor mesmo é procurar as versões sem sulfato e sem sal. “O sulfato resseca um pouco cabelo, então é bom apenas para o cabelo oleoso. A MAIOR PARTE DAS VEZES O MELHOR É NÃO UTILIZAR, e a maioria dos produtos modernos já é livre de ambos”, aconselha.

SHAMPOO A SECO LIMPA OS CABELOS

MITO. O shampoo a seco, ao contrário do que muita gente acredita, não promove a limpeza e deve ser usado apenas em caráter emergencial: “Ele nem deveria ser chamado de shampoo, porque é unicamente adstringente, o mesmo que passar talco na cabeça como nossas avós faziam. NÃO DEVE SER USADO COM FREQUÊNCIA, porque deixa resíduos no couro cabeludo e pode trazer problemas em longo prazo”.

Fonte: Daquidali

O que você mudaria no seu corpo?

Quarta 05 de Abril de 2017

Por: Maria Cristina

Jubilee Project é uma organização famosa por contar histórias inspiradoras e produzir conteúdo com questionamentos que pretendem mudar o mundo. No início do ano, assistimos a um vídeo em que crianças respondiam o que elas acham que é o amorE então agora, vamos responder, Se você pudesse mudar uma única coisa no seu corpo, o que seria?

O objetivo de fazer as pessoas se sentirem mais confortáveis com sua aparência. Enquanto homens e mulheres afirmam se sentirem desconfortáveis com o tamanho da testa, orelha e até mesmo com a altura, crianças adorariam ter “poderes mágicos”, asas, rabo…

Esperamos que esse vídeo te inspire e te faça refletir que, ninguém é perfeito e temos que nos amar do jeito que somos, pois tem gente que daria tudo para estar em nosso lugar.

Beijos.

 

Concurso Bebê Entrevip

Segunda 13 de Março de 2017

Por: Maria Cristina

Olá, mamães!

Faltam apenas 02 dias pro resultado do concurso Bebê Entrevip. 
Obrigada a todas as mamães e familiares por toda dedicação. Vamos aproveitar os últimos dias.

Boa sorte a todas!